Feeds:
Posts
Comentários

Archive for janeiro \05\UTC 2010

Muitas pessoas acreditam que o povo Judeu pode se salvar através do cumprimento da lei em suas sinagogas, mas a Bíblia Sagrada, composta também pelo pentateuco (lei mosaica) afirma expressamente que todo homem que deseja ser  salvo deve confessar  Jesus Cristo como seu único Senhor em arrependimento e confissão de pecados, os textos bíblicos citados abaixo revelam a veracidade desta afirmação. Deus os abençoe!

Porquanto não há diferença entre judeu e grego; porque um mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. (Romanos 10-12)

E, respondendo Jesus, disse-lhes: Cuidais vós que esses galileus foram mais pecadores do que todos os galileus, por terem padecido tais coisas?

Não, vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis. E aqueles dezoito, sobre os quais caiu a torre de Siloé e os matou, cuidais que foram mais culpados do que todos quantos homens habitam em Jerusalém? (Lc 13 2 e 3)

Não, vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis.

Jesus nos deixa claro que não importa a condição pecaminosa em que o homem esteja envolvido, este homem será perdoado ou condenado, pedendendo apenas da sua posição diante de Deus, de estar arrependido ou não.

E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos. (Atos 4-12)

Somos salvos somente por Jesus!

E disse-lhes: Assim está escrito, e assim convinha que o Cristo padecesse, e ao terceiro dia ressuscitasse dentre os mortos, E em seu nome se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém. (Lc. 24-47)

Isso significa que os Judeus também precisam se converter aos ensinamentos de Jesus, se não fosse assim a pregação não se iniciaria também por Jerusalém!

E não presumais, de vós mesmos, dizendo: Temos por pai a Abraão; porque eu vos digo que, mesmo destas pedras, Deus pode suscitar filhos a Abraão. (Mt. 3-2)

Ser filho de Abraão, ou seja, Judeu, não significa estar justificado diante de Deus.

Portanto, lembrai-vos de que vós noutro tempo éreis gentios na carne, e chamados incircuncisão pelos que na carne se chamam circuncisão feita pela mão dos homens;

Que naquele tempo estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo. Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto.  Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um, e derrubando a parede de separação que estava no meio, Na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz, E pela cruz reconciliar ambos com Deus em um corpo, matando com ela as inimizades.  E, vindo, ele evangelizou a paz, a vós que estáveis  longe, e aos que estavam perto; Porque por ele ambos temos acesso ao Pai em um mesmo Espírito. Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus; Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina; No qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo no Senhor. (Ef. 2 11 ao 21)

Jesus fez de ambos os povos, um diante Dele;

Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus. (Rom 3 23 e 24)

Eis que tu que tens por sobrenome judeu, e repousas na lei, e te glorias em Deus; E sabes a sua vontade e aprovas as coisas excelentes, sendo instruído por lei; E confias que és guia dos cegos, luz dos que estão em trevas, Instrutor dos néscios, mestre de crianças, que tens a forma da ciência e da verdade na lei; Tu, pois, que ensinas a outro, não te ensinas a ti mesmo? Tu, que pregas que não se deve furtar, furtas? Tu, que dizes que não se deve adulterar, adulteras? Tu, que abominas os ídolos, cometes sacrilégio? Tu, que te glorias na lei, desonras a Deus pela transgressão da lei? Porque, como está escrito, o nome de Deus é blasfemado entre os gentios por causa de vós. Porque a circuncisão é, na verdade, proveitosa, se tu guardares a lei; mas, se tu és transgressor da lei, a tua circuncisão se torna em incircuncisão. Se, pois, a incircuncisão (os gentios) guardar os preceitos da lei, porventura a incircuncisão não será reputada como circuncisão?(Rom. 2 17 ao 29) E a incircuncisão que por natureza o é, se cumpre a lei, não te julgará porventura a ti, que pela letra e circuncisão és transgressor da lei? Porque não é judeu o que o é exteriormente, nem é circuncisão a que o é exteriormente na carne. Mas é judeu o que o é no interior, e circuncisão a que é do coração, no espírito, não na letra; cujo louvor não provém dos homens, mas de Deus.

Pois quê? Somos nós mais excelentes? De maneira nenhuma, pois já dantes demonstramos que, tanto judeus como gregos, todos estão debaixo do pecado; Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que entenda; Não há ninguém que busque a Deus. Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só. (Rom. 3 9 ao 10)

Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei. É porventura Deus somente dos judeus? E não o é também dos gentios? Também dos gentios, certamente. (Rom 3 28 e 29)

Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê. (Rom. 10-4)

Hosana nas alturas! Glórias ao Deus dos Céus e da Terra, porque a Ele aprouve salvar a nós todos de igual modo, porque para com Ele não há ascepção de pessoas. Baruch Haba be chen Adonai!


Anúncios

Read Full Post »